domingo, 27 de fevereiro de 2011

Não suporto, não absorvo e NÃO.


Olho para essa tela branca, antes de escrever e me passam mil pensamentos..
Coisas que nem sei se consigo transformar em palavras.
Coisas que acho que só consigo transmitir por lágrimas.
Coisas que só minhas lágrimas podem entender.
Entender o quanto dói meu ''coração'' por eu não conseguir usar o próprio ao meu favor.
Tenho medo de não conseguir fazer minhas palavras serem o suficiente para suprir minhas lágrimas.
Sei, que essas lágrimas que escorrem pelo meu rosto são sinônimo das minhas atitudes.
Da minha defesa fracassada.
Do meu medo encubado.
Do meu amor inalado.
Do meu jeito de falar.
Do meu jeito de andar.
Por conta do meu jeito de não conseguir amar.

Um comentário:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir