quarta-feira, 20 de junho de 2012

Recíproca.



- Só te peço que me deixe perto, mesmo que distante.
- Amor não é isso, menino.
- E o que é amor pra ti?
- Reciprocidade.
- Mesmo longe, ainda será recíproco.
- Já me cansei dessas coisas incompletas.
- Se deixar-se ficar, isso pode mudar.
- Me dá um motivo.
- Pra ficar?
- Acreditar que seria completo.
- Tenho dois motivos.
- Quais?
- Meus olhos. Eles podem te dizer sem palavras, o quanto eu te quero aqui. O quanto eu quero completar a tua falta.
Um sorriso surgiu daquela face tão preocupada. Ela assentiu.
Permaneceu calada.
- O que me diz?
Ela o surpreendeu com um suspiro.
Com um beijo.
Com um sorriso.
- Quero estar.
- Então você vem comigo, se eu sorrir pra você?
Ela nem havia esperado ele sorrir. Segurou-o pela mão.
Ele sorriu.
Ela sorriu de volta.
Essa era a tal da recíproca de amar que ela queria encontrar...




... Achou.

3 comentários:

  1. Impressionando como sempre... Sou um grande admirador de seus textos

    ResponderExcluir
  2. Ai amei esse *----*
    lindo lindo,tu ta cada vez melhor ^-^

    ResponderExcluir
  3. Adoreeeeeeeeei ! *-*

    ResponderExcluir